quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Amuletos e talismãs


Apesar de terem a mesma função de proteger, amuleto e o talismã são diferentes.
Amuletos são objetos com propriedade mágica natural encontrados na natureza, que pode ser usado de uma forma geral, como por exemplo o pé-de-coelho, trevo de quatro folhas...

Já o talismã deve ser carregado com poder da pessoa que o cria, com uma razão definida. São criados pelas mãos do homem a partir de algum amuleto, como por exemplo, um colar de pedra, um chaveiro...

Ambos são objetos simbólicos que carrega a energia nela colocada Eles criam um escudo energético que protege seu usuário e o mantem afastado do mal. Pode ser usado junto a pessoa, ou deixada em um ponto estratégico da casa, carro, escritório, etc.

Quase todas as culturas e religiões usam os amuletos ou talismãs como forma de atrair alguma energia para perto de si mesmo, já que nossos desejos precisam de um ponto focal para que se manifeste.

Como todo objeto mágico, é preciso purifica-lo e consagrá-lo. Após isso, você dará a ele instruções de qual função terá ao seu lado, para que sua energia atue a seu favor.

Existem vários fins para se criar um amuleto ou talismã, tais como:

1. Atrair um amor;
2. Afastar pessoa indesejável;
3. Arrumar um emprego;
4. Prosperidade financeira;
5. Passar em concursos, passar no vestibular;
6. Proteção contra mau olhado, inveja e olho gordo;
7. Proteção espiritual;
8. Cura de doenças;
9. Mudanças ou ressaltados de características como a timidez, sensualidade, emagrecimento, etc.

Podemos usar para a fabricação de amuletos e talismãs: pedras, cristais, madeiras, cordas, tecidos, plantas, símbolos, uma chave, pingentes...




quarta-feira, 20 de julho de 2016

Como afirmar ser filho de uma Deusa ou Deus


Em seu altar acenda uma vela branca e um incenso de sua preferência.

Pense na Deusa/Deus que você acredita ser seu guia, feche os olhos e o imagine sentado ao seu lado, repita seu nome 3 vezes e diga:
"Deusa ---------, hoje te encontrei e assim quero saber. Serás tu minha amada mãe que me protege e me ajudará a aprender? Me de um sinal, se mostre a mim. A ti quero seguir e assim sempre viver"Se for Deus, não se esqueça de mudar a forma de dizer.

Agradeça e se despeça. Fique atento aos possíveis sinais que pode vir de onde você menos espera.


Honrando as estações

Para honrar a estação do ano em que estamos, além da celebração do sabath que já fazemos habitualmente, é interessante manter no altar algo que simbolize a estação.

Como exemplo, no inverno mantenha flocos de neve feitos de papel ou pinhas iguais aquelas que pendurados na árvore de natal. Ou ainda na primavera coloque flores e frutas, no outono folhas secas que caíram de árvores, usem a imaginação!

Assim você estará honrando a estação do ano em que estiver durante todo seu seguimento, e quando a estação mudar é só trocar por outro item referente a estação seguinte.

Faço isso o ano todo, e assim além de celebrar todos os dias a estação que estou ainda deixo meu altar sempre de cara nova.

Gostaram da dica? Deixem seus comentários ;)



Vejam aqui como fazer flocos de neve com papel sulfite http://www.portalfestas.com.br/dicas-para-festas/diversas/como-fazer-flocos-de-neve-de-papel

sábado, 16 de julho de 2016

Um dia especial: Meu aniversário

Bom dia bruxinhos da Gruta, tudo bem?

Faz tempo que não escrevo aqui no blog, mas depois da criação da Tradição tudo ficou muito corrido para mim.
Ontem foi o meu aniversário (eeeeeeeee) e por isso resolvi criar essa matéria.

O aniversário de um bruxo é uma data importante, e não só apenas porque celebramos mais um ano de vida, mas também porque fechamos um ciclo para iniciarmos outro. É um dia de comemoração, mas também de muita reflexão.

Devemos nessa data refletir sobre como o nosso caminhar, como foi vivido esse ano entre o aniversário passado até o que você está comemorando, o que fizemos de bom e o que fizemos de ruim, quais caminhos erramos e o que aprendemos com tudo isso.

É preciso uma atenção com isso, pois nós bruxos vivemos em constantes mudanças e como vivemos estudando e aprendendo novas coisas, temos sempre que dar atenção nos nossos passos. É por isso que existe o livro das sombras ;)

Bom, mas vamos lá! Eu criei um ritual simples para esse dia. É um ritual que levará com você, por onde for, o famoso pedido na hora de assoprar a velinha do bolo.
Devemos fazer todo ano após acender uma vela, pedindo aos Deuses uma reflexão sobre nossa vida mágica. Faça essa reflexão e em seguida o ritual.

Vamos à ele?

Ritual para o dia do aniversário

Uma vela branca
Um pedaço de fita de cetim lilás
Um incenso de qualquer fruta vermelha
Um copo com vinho, champanhe ou água

No chão ou no altar acenda a vela e coloque o copo com o liquido escolhido na frente. Amarre a fita de cetim no pulso da mão de poder. Acenda o incenso e coloque do lado da vela. Sente de frente com os itens, estenda a mão sobre a bebida e a vela e com os olhos fechados mentalize tudo que deseja para você.
Abaixe a mão e em seguida peça aos deuses para abençoar e concretizar seus desejos. Abra os olhos, sopre a vela e beba o liquido do copo. Agradeça pelas bênçãos já recebidas e deixe o incenso queimar até o fim.

A vela você guarda e todo ano pode repetir esse ritual em seu aniversário usando a mesma vela.
Guarde a fita com você como um amuleto, levando junto aonde você for como forma de atrair o seu pedido para perto de você sempre.

No ano seguinte, quando for repetir esse ritual, pegue a fita usada no ano anterior e deixe em um jardim bem bonito, num vaso de flor ou no pé de uma árvore.
Todo ano use uma fita nova ok!

Esse foi o meu ontem



Que os Deuses abençoe seu aniversário e sua vida eterna.

Beijos de luz!
Ayla Amarantha

sábado, 2 de abril de 2016

Ser bruxa


Um dia você acorda e percebe que o mundo mudou, que as coisas à sua volta têm outro brilho, outra cor.
Um dia você simplesmente olha para o amanhecer como algo único e divino, a luz da lua com sua energia e poder, as folhas da árvore dançando com a brisa que a envolve.

Suas sensações afloram e tudo que você mais deseja é estar entre a mãe natureza e viver a magia de ser diferente entre outras pessoas à sua volta.
É quando você percebe que tem algo especial e que é capaz de mudar o mundo!

“Mas e agora? O que faço?” É a primeira coisa que passa na sua cabeça, e a resposta é simples, dentro de seu coração: Seja, sinta, viva a bruxa que está dentro de você.
Se permita envolver pelo dom que lhe foi dado, trazendo para sua vida a sabedoria de seus ancestrais que a muito tempo tenta te dar um sinal, mas que só hoje você foi capaz de percebê-lo.

Uma bruxa quando se descobre passa a ter a sensibilidade de uma flor que acabou de desabrochar para o mundo. Você só precisa se aceitar e entender que isso não é um bem adquirido, mas sim algo que já existe em você desde o dia que o ventre de sua mãe à gerou.
E é assim você vai entender que nunca foi a garotinha estranha entre as outras pessoas, as outras pessoas sim que são estranhas entre esse mundo mágico e cheio de cores que hoje você enxergou.

Parabéns, você é uma bruxa.


Ayla Amarantha

quinta-feira, 3 de março de 2016

Postar ou não foto do altar em redes públicas?

Já foi dito que não se deve postar foto do altar pois outros bruxos mais velhos podem acabar com você através dessa foto. Ai eu pergunto: E você? E sua foto? Seu corpo não é mais perigoso de ser afetado do que o seu altar?

Sei que existem maldades e que pessoas ruins podem usar o que tem contar você, mas suas fotos no facebook, da sua casa, da sua família, dos seus animais de estimação.... não é pior?

O altar são objetos que são limpos, purificados e consagrados, e nosso templo que é nosso corpo e nossa casa? Não teria que ter o mesmo cuidado?

Não é que acho ótimo postar fotos do altar por ai, e nem discordo que temos que ter cuidado, mas se é pra cuidar e proteger algo devemos começar por nós mesmos.

Muitos postam a vida no facebook, e isso a expõe mais ainda.

Desculpa gente, essa é a minha visão. Sei que alguns vão discordar (e isso não tem problema). Respeito a opinião de todos ;)